memorial

acampámos ao alcance das ruínas da Cidade Imperial. a nossos pés, pequenos soberanos do hoje, entronizados pela deposição do tempo, estendia-se a perder de vista uma linha e um cemitério até à aglomeração de pedras esquecidas, queimadas e derrubadas por hordas de inimigos que tudo fizeram para que desaparecessem da superfície do território e da reminiscência dos homens. todavia, a Cidade permanecia de certa forma de pé e, de entre os seus restos mortais, foram levantadas todas as histórias e refeita, quase intacta, a sua memória. [ninguém, porém, sabe nomear os nomes dos saqueadores] antes, a linha, era a rota das caravanas de elefantes que, cingidas a uma nuvem de pó, nas noites quentes e ventosas atravessavam a vau o leito semi-seco do uádi أحمر. pela madrugada, acordados em sobressalto, com os lábios secos e febris, tantas vezes jurámos ouvir os barridos das bestas e os gritos dos cornacas mas era somente a loucura insinuante da Pérsia que se apoderava inexoravelmente da nossa vontade. a cura, revelaram-nos, era seguir o exemplo dos guardadores de campas. durante o dia cuidavam-nas libertando-as do deserto, desfazendo a pouco e pouco as mãos na areia grossa, lentamente enleando as suas almas nas almas dos mortos. à noite, enquanto dormiam sobre as lajes frias, djinns benóvolos desatavam todos os nós entre esta e a outra vida.

segundo primogénito

O blog foto | grafias surgiu em agosto de 2017 em writingonphotographs.wordpress.com

A partir de maio de 2019 passa, conjuntamente com o portefólio fotográfico, para um novo domínio com o nome do autor.

foto | grafias é uma viagem pessoal pela fotografia e pela escrita. Daí o título, foto pelas imagens, essencialmente fotográficas, e grafias pelos textos.

O URL original diferia do título porque remetia para o trabalho, de que gosto muito, da artista plástica Helena Almeida. Enquanto a Helena “pintava” sobre fotografias, no meu caso gosto de “escrever” sobre, mas não necessariamente acerca de fotografias.

O que é certo é que imagens fotográficas habitam lado a lado com textos.

Que a paz seja mantida entre ambos.